Desde 2010, a Medral presta serviços de topografia para a Eletropaulo, responsável pela distribuição de energia elétrica a 18 milhões de pessoas que vivem em 24 municípios da Região Metropolitana de São Paulo, incluindo a capital.

Atuando em toda a área de concessão, a Medral realizou, nesses oito anos de contrato, mais de 500 mapeamentos topográficos para demarcação de imóveis e quase 170 análises de faixas de servidão nas áreas urbana e rural.

Esse trabalho facilita a energização de empreendimentos como condomínios comerciais e residenciais e contribui para a segurança da população e do sistema de distribuição de eletricidade na região.

Demarcação de imóveis

O levantamento topográfico para a demarcação de imóveis é necessário em situações em que há invasão de terreno ou construção ilegal em área determinada como faixa de domínio.

Ele também é exigido em processos de retificação de escritura ou de regularização por usucapião. Nesses casos, é preciso checar se o imóvel não está sobreposto à faixa de servidão, para que a Eletropaulo emita a declaração de anuência.

Feito o levantamento, o passo seguinte é compará-lo com plantas fornecidas pelo cliente para conferir os limites da faixa de domínio. Caso haja qualquer irregularidade, a Eletropaulo providencia a adequação, prevenindo riscos de acidentes.

Análise de servidão

Para fornecer eletricidade a qualquer empreendimento imobiliário, é preciso que caminhões da Eletropaulo entrem no local para efetuar a instalação e a manutenção de postes, transformadores e outros ativos elétricos.

Esse acesso requer um documento especial que abrange todo o trajeto dos veículos dentro do empreendimento, chamado de servidão de passagem. O trabalho da Medral, nesse caso, é conferir se o empreendimento definiu corretamente os perímetros da área de servidão.

Para isso, são analisados o projeto de engenharia, a matrícula e o memorial descritivo do imóvel. Aprovada a faixa de servidão, os veículos da concessionária passam a ter permissão para operar no local.