PRINCIPAIS OBRAS

REDES DE DISTRIBUIÇÃO E LINHAS DE TRANSMISSÃO

LT 138 kV – Ilha Solteira – Jales/Pioneiros II / Pereira Barreto (SP). Reconstrução da linha de transmissão. Cliente: CTEEP. Conclusão: novembro de 2016.

LT 440 kV – Ilha Solteira – Mirassol C1 e C2/ Sud Mennucci (SP) – Reconstrução da linha de transmissão. Cliente: CTEEP. Conclusão: novembro de 2016.

LT 440 kV – Replan – Santo Angelo e Mogi Mirim 3 – Santo Angelo / Campinas (SP) – Obras emergenciais na linha de transmissão. Cliente: CTEEP. Conclusão: junho de 2016.

LT 440 kV – Bom Jardim – Taubaté – CS / Jundiaí (SP). Obras emergenciais na linha de transmissão. Cliente: CTEEP. Conclusão: junho de 2016.

LT 230 kV – Parque Eólico em Petrolândia (PE) – Cliente: ENEL – Conclusão: dezembro de 2014.

LT 138 kV – Valparaiso/Flórida Paulista (SP) – Ciente: CTEEP – Conclusão: novembro de 2014.

LT 138 kV – Datacenter do Banco Itaú em Mogi Mirim (SP) – Cliente: Itaú Unibanco. Conclusão: julho de 2014.

LT Usina do Rio Vermelho (cogeração a partir do bagaço de cana) – Junqueirópolis (SP) – Cliente: Glencore. Conclusão: abril de 2014.

LT 138 kV – Condomínio residencial Bom Jardim em Vinhedo (SP) – Cliente: CPFL – Conclusão: dezembro de 2013.

LT 440 kV Ilha Solteira – Bauru / Birigui (SP) – Obras emergenciais na linha de transmissão. Cliente: CTEEP. Conclusão: abril de 2013.

LT 138 kV – Ramal Viracopos/Fepasa (SP) – Cliente: CPFL – Conclusão: maio de 2012.

Usina Termoelétrica de Kipe (50 MW) – Guiné Conacri/África. Contratante: Asperbras – Cliente Final: Eletricité De Guinée. Conclusão: julho de 2012.

LT 138 KV – Usinas de Bioenergia do Pontal do Paranapanema, em Teodoro Sampaio (SP). Cliente: Usina Conquista do Pontal. Conclusão: julho de 2010.

LT 138 kV – Salto Grande/Ourinhos (SP) – Cliente: CTEEP – Conclusão: setembro de 2009.

LT 138 kV – Usina Rio Pardo – Avaré (SP) – Conclusão: julho de 2009.

SUBESTAÇÕES

SE TAUBATÉ (SP): Ampliação e modernização da Subestação Taubaté. Previsão de término: outubro/2017.

SE Nova Parada Angélica – Duque de Caxias (RJ): Construção da Subestação Nova Parada Angélica – Duque de Caxias. Conclusão: junho/2017.

SE Arraial do Cabo (RJ): Ampliação da Subestação Arraial do Cabo, concluída em novembro/2016.

SE Tamoios – Cabo Frio (RJ): ampliação da SE Tamoios – Cabo Frio, concluída em outubro/2016.

SE Alcântara – São Gonçalo (RJ): ampliação da Subestação SE Alcântara – São Gonçalo, concluída em setembro/2016.

REDES SUBTERRÂNEAS

Rua Laguna – Avenida Chucri Zaidan – Zona Sul de São Paulo – Período de execução: janeiro a agosto de 2017. Cliente: AES Eletropaulo.

Olimpíadas 2016 – Como parte das melhorias da infraestrutura para a realização das Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, a Medral executou as seguintes obras de redes subterrâneas: Estrada do Jericinó (bairro da Vila Militar), Rua Carumbé (Padre Miguel), Rua Francisco Bacuri (Guadalupe), Avenida Marechal Alencastro (Ricardo de Albuquerque) e Avenida Duque de Caxias (Deodoro). Período de execução: março a setembro de 2015. Cliente: Light.

Rua Arquias Cordeiro (Engenhão) – Engenho de Dentro, Zona Leste do Rio de Janeiro. Período de execução: agosto a setembro de 2015. Cliente: Light.

Avenida dos Italianos/Parque Madureira – Madureira, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Período de execução: julho/2015. Cliente: Light.

Rua do Gasômetro – Centro (SP) – Início: fevereiro de 2015. Cliente: AES Eletropaulo.

Avenida Brigadeiro Faria Lima – Zona Oeste de São Paulo (SP)– Período de execução: dezembro de 2014 a junho de 2015. Cliente: AES Eletropaulo.

Rua Paulo Emílio Barbosa – Ilha do Fundão, Rio de Janeiro. Período de execução: setembro a dezembro de 2014. Cliente: Light.

Avenida Pedro Calmon – Ilha do Fundão, Rio de Janeiro. Período de execução: julho a setembro de 2014. Cliente: Light.

Estrada Vicente de Carvalho (Transcarioca) – Madureira, Maturaca e Penha, Rio de Janeiro. Período de execução: fevereiro a setembro de 2014.

Rua José Paulino – Centro (SP) – Período de execução: setembro de 2012 a junho de 2013. Cliente: AES Eletropaulo.

Rua Oscar Freire – Bairro dos Jardins (SP) – Período de execução: Agosto de 2009 a setembro de 2011. Cliente: AES Eletropaulo.

Parque do Ibirapuera – Zona Sul de São Paulo (SP) – Período de execução: junho a dezembro de 2010. Cliente: AES Eletropaulo.

Avenida Eusébio Matoso – Zona Oeste de São Paulo (SP) – Período de execução: março de 2005 a abril de 2006. Cliente: AES Eletropaulo.

Avenida Rebouças – Zona Oeste de São Paulo (SP) – Período de execução: maio de 2005 a fevereiro de 2006. Cliente: AES Eletropaulo.

Avenida Brasil – Zona Oeste de São Paulo (SP) – Período de execução: maio de 2005 a fevereiro de 2006. Cliente: AES Eletropaulo.

Avenida 9 de Julho – Liga o centro à zona Sul de São Paulo (SP) – Período de execução: abril de 2004 a março de 2005. Cliente: AES Eletropaulo.

CADASTRO DE ATIVOS ELÉTRICOS

Cidade de São Paulo: rede de distribuição e transmissão, somando 700 mil postes e 1,2 milhão de consumidores cadastrados em 2014. Cliente: AES Eletropaulo.

Jandira (SP): mais de 20 mil pontos de iluminação pública cadastrados em 2013-2014. Cliente: Prefeitura Municipal de Jandira (SP).

Diadema (SP): mais de 20 mil pontos de iluminação pública cadastrados em 2013. Cliente: Prefeitura Municipal de Diadema (SP).

Novo Horizonte (SP): rede de distribuição e transmissão, com 100 mil pontos cadastrados em 2013. Cliente: Grupo Energisa.

Cidade de São Paulo: mais de 500 mil pontos de iluminação pública cadastrados entre 2012 e 2013. Cliente: Prefeitura Municipal de São Paulo.

Assis (SP): rede de distribuição e transmissão, com 300 mil pontos cadastrados entre 2012 e 2013. Cliente: Grupo Energisa.

Mato Grosso: rede de distribuição e transmissão, num total de 1,2 milhão de pontos cadastrados em todo o estado do Mato Grosso entre 2011 e 2013. Cliente: CEMAT/ENERGISA.

Presidente Prudente (SP): rede de distribuição e transmissão, somando 400 mil pontos cadastrados entre 2011 e 2012. Cliente: Energisa/Caiuá.

Pará: rede de distribuição e transmissão, com mais 500 mil pontos cadastrados entre 2009 e 2010 na regional Marabá. Cliente: Celpa (Centrais Elétricas do Pará).

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

LT Xingu-Nova Iguaçu: regularização fundiária do lote 3 (800 km) dos 2.550 km da linha de transmissão de 800 kV interligando o Pará ao Rio de Janeiro. Cliente: State Grid Brazil Holding. Obra iniciada em 2015.

LTs e Subestações Usina Rio Claro/Goiás e Usina Alcídia/SP: cadastro e avaliação fundiária, licenciamento ambiental, estudo e materialização do traçado, levantamento planialtimétrico, cadastro georreferenciado, projeto básico e executivo e levantamento aerofotogramétrico. Cliente: Grupo ETH. Ano: 2014.

LT Umuarama/Cascavel (PR): regularização fundiária de 150 km de linhas de transmissão de 230 kV. Cliente: Copel. Ano: 2013.

LT Trindade/Rio Verde (GO): regularização fundiária de 200 km de linhas de transmissão de 500 kV no estado de Goiás. Cliente: Engevix, J.Malucelli e Furnas. Ano: 2012.

Regularização fundiária do Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro. Cliente: ITERJ (Instituto de Terras e Cartografia do Estado do Rio de Janeiro). Ano: 2012.

LT Jauru/Cuiabá (MT): liberação de faixa de 350 km de linhas de transmissão de 500 kV. Cliente: TME (Transmissora Matogrossense de Energia). Ano: 2010.

LT Cuiabá/Nobres (MT): liberação de faixa de 220 km de linhas de transmissão de 230 kV, em Nova Mutum (MT). Cliente: ETEM (Empresa de Transmissão de Mato Grosso). Ano: 2010.

GESTÃO PÚBLICA

Jacareí (SP): Sistema de Gestão da Iluminação Pública e TeleAtendimento. Cliente: Prefeitura Municipal de Jacareí. Desde 2015.

Lucélia (SP): Sistema de Gestão Arbórea. Cliente: Prefeitura Municipal de Lucélia. Desde 2014.

Cidade de São Paulo: Sistema de Gestão da Iluminação Pública. Cliente: Prefeitura Municipal de São Paulo. Desde 2013.

Dracena (SP): Sistema de Gestão de Saneamento Básico. Cliente: Prefeitura Municipal de Dracena. Desde 2012.

MEIO AMBIENTE

Cadastro Arbóreo do Município de Lucélia, através da ferramenta de Gestão Arbórea – 2014. Leia aqui a matéria sobre os resultados desse trabalho.

Cadastro Arbóreo das Unidades do SESC no Estado de São Paulo (Limeira, Franca, Marília, Osasco, Presidente Prudente, São Carlo, Diadema, Santos, Santo André e Bauru, entre outras). Ano: 2013-2014.

Descomissionamento Ambiental do Complexo Cambuci, em São Paulo. Cliente: AES/Eletropaulo. Ano: 2013.

Licenciamento ambiental de três linhas de transmissão dos Complexos Jandira e Alphaville. Cliente: AES Eletropaulo. Ano: 2012.

Licenciamento ambiental, elaboração de EAS, elaboração e execução dos programas ambientais e atendimento às licenças para a LT 138 kV e Subestação Usina Ipê – Dracena/SP. Cliente: CPFL BIO IPE. Ano: 2012.

Licenciamento ambiental dos projetos de linhas de distribuição, elaboração de laudos técnicos e gestão dos processos junto às agências ambientais do Programa Luz para Todos (Governo Federal). Cliente: Elektro. Ano: Desde 2012.

Relatório Ambiental Preliminar do Complexo Jandira – Itapevi. Cliente: AES Eletropaulo. Ano: 2011.

Licenciamento ambiental, elaboração de relatório ambiental simplificado, inventário florestal e plano básico ambiental da LT de 138 kV Usina Coopcana/PR. Cliente: CPFL Renováveis. Ano: 2011.

Licenciamento ambiental de linha de transmissão em Pariquera – Açu. Cliente: Elektro. Ano: 2010.

Licenciamento ambiental, elaboração do RAP, elaboração e execução dos programas ambientais, gestão de obras e atendimento às licenças da LT 88/138 kV – Complexo Jandira. Cliente: AES Eletropaulo. Ano: 2010.

Regularização Ambiental do Sistema de Transmissão da AES Eletropaulo: 1.736.106 km de linhas aéreas e subterrâneas e 146 subestações em 146 municípios.

CARTOGRAFIA E TOPOGRAFIA

Elaboração de base digital cartográfica e registro fotográfico das fachadas dos 40 mil imóveis urbanos da Cidade de Atibaia (SP). Cliente: Prefeitura Municipal de Atibaia. Ano: 2015.

Cadastro e desapropriação imobiliária para construção da interligação do Rodoanel com a Avenida Jacu-Pêssego (SP). Cliente: Dersa. Período: 2010 a 2013.

Levantamento topográfico e planialtimétrico do Museu do Ipiranga, em São Paulo. Cliente: Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente. Ano: 2010.

Cadastro e desapropriação de imóveis para construção do trecho Sul do Rodoanel (SP). Cliente: Dersa. Ano: 2007-2008.