NOSSA HISTÓRIA

A MEDRAL foi criada em 1961, em Dracena (SP), por um empreendedor visionário, Antonio Gonzalez Filho. Numa época em que as cidades careciam de energia elétrica para se desenvolver, ele acreditava que o futuro desse setor passaria pela terceirização da execução de obras.

Tudo começou com uma loja de materiais elétricos. Em seguida, a empresa iniciou o trabalho de instalações elétricas rurais, superando desafios gigantescos para transportar postes e equipamentos e alojar trabalhadores em regiões de difícil acesso. Com essa atuação, possibilitou a chegada da luz a populações que, até então, viviam sem energia.

Como evolução desse trabalho, a MEDRAL foi uma das primeiras empreiteiras, no país, a prestar serviços de instalação, corte e religa para concessionárias de energia elétrica. Mais tarde, tornou-se, também, pioneira na realização de obras em linha viva (energizada) e em redes subterrâneas. Até então, as companhias não contratavam fornecedores para essas atividades.

Depois de consolidar-se no interior paulista, a empresa foi, aos poucos, expandindo sua atuação para outras regiões e ampliando seu portfólio de serviços, que passaram a abranger as áreas de construção e manutenção de redes de distribuição aéreas energizadas, desenergizadas e subterrâneas, linhas de transmissão, iluminação pública, manutenção de transformadores, caldeiraria (fabricação de tanques, radiadores, terminais elétricos e acessórios para transformadores), regeneração de óleo isolante, serviços técnicos comerciais, podas de árvores, geoprocessamento e serviços ambientais.

Dessa maneira, tem contribuído para que concessionárias, órgãos públicos e empresas conectadas ao sistema elétrico possam se concentrar na gestão de suas atividades centrais. Também tem contribuído para o aumento da vida útil de transformadores, reduzindo os impactos ambientais relativos ao descarte desses equipamentos. Leia mais aqui.

Confira, a seguir, a linha do tempo com os destaques de nossa trajetória.

1961

Criação da MEDRAL, em Dracena (SP).

1970

Início da prestação de serviços para a CESP, no interior de São Paulo.

1984

Início das atividades da MEDRAL no Rio de Janeiro.

1986

Início das atividades de manutenção e caldeiraria de transformadores de distribuição e força.

1997

Inauguração do Centro Integrado de Manutenção de Equipamentos em Itaboraí, no Rio de Janeiro.

2000

Mudança da matriz para a cidade de São Paulo.

2001

Primeira empreiteira a fazer obras em redes subterrâneas na cidade de São Paulo.

2006

Única empreiteira representando o cliente (Ampla) no Rodeio Nacional de Eletricistas, em Belo Horizonte (MG).

2008

Maior empresa de serviços de linha viva (energizada) do Brasil.

2008

Campeã do II Rodeio Nacional de Eletricistas, em Recife (PE).

2008

Início da prestação de serviços nas áreas de geoprocessamento e passivos ambientais.

2009

Primeira obra de construção de linha de transmissão: LT 138 kV – Usina do Rio Pardo/Avaré.

2010

Inauguração da planta de regeneração de óleo isolante em Dracena (SP), integrada ao laboratório de análise química.

2011

A MEDRAL completa 50 anos.

2012

Projeto, construção e instalação da Usina Termoelétrica Kipe, na Guiné Conacri (África).

2013

Cadastro de ativos elétricos na cidade de São Paulo: 560 mil pontos de iluminação pública.

2014

Construção de linha de transmissão de 230 kV em parque eólico no Estado de Pernambuco.

2015

1º lugar no Prêmio Melhores Fornecedores da AES Eletropaulo. 2º lugar no prêmio Melhores Práticas das Empresas Parceiras da ENEL (critério Colaborador).

2016

Prêmio Fornecedor Elektro 2016, categoria Serviços de Redes e Subestações.

2017

Maior obra em Subestação de 500 Kv (Subestação Taubaté) | 1º lugar em Saúde e Segurança no Trabalho entre as empresas parceiras da Light.