Começou esta semana o lançamento dos cabos condutores, OPGW (cabo de fibra óptica) e DOTTEREL (para raio) da LT 500 kV Campinas – Itatiba C2. O trabalho será realizado ao longo do mês de agosto, podendo avançar até setembro.

A LT Campitiba, como chamamos aqui na Medral, tem 58 torres distribuídas ao longo de 25 km de extensão com quatro condutores por fase, o que representa cerca de 300 mil metros de cabos. O lançamento dos cabos é um dos procedimentos mais complexos e importantes na construção de uma LT, já que o cabo condutor é o responsável por conduzir a eletricidade de uma subestação a outra. Para isso, é fundamental ter equipes altamente capacitadas e muita segurança. Confira no vídeo como foi o treinamento com os equipamentos, que ocorreu na última quinta-feira, dia 06 de agosto.

O trajeto desta linha é desafiador! A LT Campitiba cruzará a rodovia D. Pedro I, três linhas de transmissão, uma de 500 kV e duas outras de 345 kV, e também uma APA – Área de Proteção Ambiental, entre outras. Além da construção da linha de transmissão, a Medral é responsável pela ampliação de duas subestações, a SE Campinas com dois novos Bays, e a SE Itatiba com um novo Bay.

A gente sabe o que faz!